A importância da drenagem linfática durante a gestação

A importância da drenagem linfática durante a gestação


Você sabe o motivo da drenagem linfática ser importante para as gestantes? Hoje vou falar um pouquinho sobre esse assunto por aqui.

Mas antes de tudo, vamos entender as mudanças que ocorrem no organismo da mulher durante a gravidez. O corpo da mulher sofre diversas alterações de caráter físico e fisiológico, como o aumento do peso corporal, crescimento do útero, alterações hormonais e edemas.
Com as alterações do organismo vem os desconfortos e as dificuldades para realizar tarefas diárias, pois o corpo fica cansado, sofre com formigamentos e sensação de peso.

Durante a gestação nós mulheres podemos acumular cerca de seis litros a mais de líquido no nosso organismo, tudo isso por conta do líquido aminiótico e do aumento do volume sanguíneo. Nesse período a pressão venosa também aumenta nos membros inferiores devido à compressão das veias cava inferior e ilíaca pelo crescimento do útero, podendo ocasionar o aparecimento de varizes na região comprimida.

A drenagem linfática para gestantes tem como objetivo ativar a circulação sanguínea e diminuir edemas, o inchaço das pernas, pés e rosto, eliminando o excesso de líquido através da urina. A técnica vai ajuda a diminuir o cansaço nas pernas, o desconforto dos tornozelos e os pés inchados, contribuindo para uma melhor qualidade de vida da grávida.

E vocês podem estar se perguntando a partir de quando pode começar a ser feita a drenagem em uma gestante, né? Eu sempre indico que antes de 12 semanas uma liberação médica, mas após 12 semanas já pode fazer sem problema nenhum. O importante é fazer drenagem para melhorar seu bem-estar.

Vale lembrar que aqui na MJ Estética nós temos uma técnica de drenagem feita pensando nas gestantes.